16 de fev de 2011

Fernanda Fontenele - Acreditando "Project Walk"

Em 2003, aos 17 anos, sofri um acidente de carro e fraturei as vértebras C6 e C7, lesionando minha medula espinhal. Fui diagnosticada como tetraplégica, mas com muita fé e fisioterapia, recuperei totalmente os movimentos dos braços e até um pouco do movimento dos pés. Mas ainda é necessária muita dedicação para chegar onde quero.

Mesmo fazendo uma fisioterapia convencional, complementei meu tratamento com outras coisas para que a minha recuperação acontecesse, como, por exemplo, equoterapia, natação, hidroterapia, RPG, reflexologia podal e outras. Paralelamente, busquei não somente fortalecer meu corpo, mas também minha mente. Li muitos livros e tive muitos momentos de autoconhecimento, onde fiz uma faxina emocional, mental e espiritual. Tenho certeza que as melhoras físicas só começaram a acontecer quando, finalmente, aceitei minha deficiência, me conheci e entendi que a mente é muito poderosa.

Após certo tempo, comecei a mexer os meus braços e, depois de 1 ano, entrei na faculdade de Jornalismo, me formando em 2008. A faculdade tomava grande parte do meu tempo, o que me deixava angustiada por não conseguir me dedicar 100% à minha recuperação. Ao me formar, vi que era a hora para isso. Foi aí que, sem intenções de achar nenhum tratamento específico, encontrei o site do Project Walk, o qual se tornou minha prioridade, um sonho mesmo.

Por ser algo caro, consegui, por meio de uma campanha, ficar 8 meses na Califórnia fazendo esse tratamento. Lá, obtive muitos ganhos e melhorei muito minha autoconfiança e independência. Consegui movimentos muito significativos de perna e tronco, fortalecendo o que já tinha ganhado. Estes 8 meses foram mágicos em vários sentidos, não somente por ter ido atrás de um sonho, que era minha recuperação, mas por ter convivido todos os dias com minha mãe de uma forma mais intensa, o que nos uniu ainda mais. Nesse período, conheci meu atual noivo, uma pessoa muito parecida comigo e que também sonha meus sonhos.





Quando estávamos ainda na Califórnia, fomos convidados a abrir em São Paulo uma franquia do Project Walk, o Acreditando, primeiro centro de recuperação de lesão medular na América Latina que utiliza o método Dardzinski. Estamos em atividade há apenas 3 meses e com cerca de 15 clientes, os quais têm trabalhado duro para uma recuperação satisfatória.

Acredito que acessibilidade na prática é mais do que encontrarmos locais acessíveis, é vermos ela na cabeça das pessoas, nas oportunidades que a vida traz, seja no campo profissional ou em qualquer tipo de situação.



Por Fernanda Fontenele - Diretora Fundadora do Acreditando

Endereço: Rua Alvarenga 1700, Jardim Butantã, Cep 05.509-003, São Paulo – SP.
Telefone: (11) 2389-6522
Celular: (11) 7748-6669
ID Nextel: 55*97*15735
Site: www.acreditando.com.br
Twitter: @Acreditando_

7 comentários:

  1. Parabéns por alcançar seus sonhos e fazer com que, através deles, mude a vida de muitas pessoas.
    Admiro pessoas como vc,como o Fred. São exemplos de vida.
    Desejo tudo de maravilhoso pra vcs e que Deus continue abençoando suas vidas e seus projetos.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, essa história é mto forte... E como a Fernanda disse, temos que acreditar e correr atrás... Gostei tanto do projeto Walk, que vou conhecer, creio que novos tratamentos que dão resultados são sempre bem vindos ;)
    Concordo tb q acessibilidade é mto mais do que um direito de ir e vir, é uma questão de cultura, inclusão, oportunidades, tanto por parte da sociedade e quanto do deficiente físico.
    E vamos lá continuando a acreditar, e propagando a idéia de acessibilidade na prática ;)

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Que linda a sua história, parabéns por todas suas conquistas e por principalmente acreditar e reaconhecer seus potenciais que são muitos. Tarefa muitas vezes nada fácil para a maioria das pessoas.
    Desejo muito sucesso e uma ótima recuperação!

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Fernada!
    Que depoimento maravilhoso;como é bom saber que muitas pessoas já acreditam na saúde como um todo, não só a física, mas a mental, emocional e principalmente a espiritual. Estás de parabéns pelas conquistas,mas principalmente pela coragem e pelo despreendimento, em apesar das dificuldades seguir sempre em frente.
    Como profissional da área da saúde acredito que é isso mesmo, um conjunto, somos globais e naõ apenas a vértebra C5 ou a C4 etc...quando compreendermos isso, os ganhos serão maiores ainda e as vitórias milhares. Super beijo no teu coração, e adorei saber da existência do projeto aqui no Brasil também.
    parabéns
    karla siqueira
    fisioterapeuta, violinista,rekiana em floripa

    ResponderExcluir
  5. Acredito primeiramente que as pessoas com a mente forte e fé em Deus são capazes de tudo. Como você própria mencionou: "a mente é muito poderosa" e todos precisamos acreditar nisto. A dedicação, persistência e claro, carinho e companheirismo das pessoas queridas também são essenciais! Parabéns pela tua garra e determinação que representa a de tantas outras pessoas na mesma situação! Parabéns pelas conquistas e que venham tantas outras mais!!! Tudo de bom! Deixo meu abraço e palavras também ao meu queriiiiddoooo amigo Fred!!!!! bjos

    ResponderExcluir
  6. Fernanda, simplesmente é admirável e linda sua história!!! Meus parabéns, pela sua garra, determinação, sua fé, e pela descoberta q fez do seu potencial...Parabéns também, pela iniciativa de trazer para o Brasil esse maravilhoso trabalho!! Fiquei fascinada com o que li no site do Acreditando e com o que nos contou. Grande abraço, e que Deus continue te guiando e te fazendo instrumento para levar luz e vida para outras pessoas e tb para que continue se recuperando mais e mais!!:-D

    ResponderExcluir
  7. ADERALDO F. LEITE21 de maio de 2011 12:07

    PARABENS VC DEU MAIS K UMA ESPERANÇA E SIM UMA LUZ PARA AQUELES K AS VEZES QUEREM DESANIMAR,TBM SOFRI UMA ACIDENTE T9 A 3 ANOS MAS NUNCA DESANIMEI,BJS E BOA SORTE NESTA NOVA CAMINHADA.

    ResponderExcluir